terça-feira, 12 de julho de 2016

Acusado de matar mulher durante chá de bebê e se esconde em buraco

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (12) um homem de 36 anos acusado de matar uma mulher de 30 anos durante um chá de bebê em Anaurilândia (MS) em 4 de junho. O suspeito foi encontrado num esconderijo, num assentamento rural de Caiuá (SP). Até então foragido, ele tinha um pedido de prisão preventiva pelo crime de feminicídio.

Segundo informações da Polícia Civil, o homem se escondia num buraco em meio a pastagens havia quatro dias. “Ele fez uma espécie de ‘cabaninha’ subterrânea. Foi aberta uma cova e ele a cobriu com telhas e galhos de mandioca”, disse um agente da corporação ao G1.

De acordo com o registro de ocorrência, o homem chegou ao chá de bebê e chamou a vítima para ter uma “conversa séria”. Em seguida, ela agrediu a mulher e a ameaçou, colocando uma faca no pescoço dela. A vítima tentou se desvencilhar e foi atingida com o golpe na barriga e acabou morrendo no hospital. O agressor fugiu do local. Em depoimento, o homem confessou ter esfaqueado a vítima por ciúme. Enquadrado por feminicídio e na Lei Maria da Penha, ele foi levado para Anaurilândia (MS).
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK