quarta-feira, 13 de julho de 2016

Animais são estuprados em plena praça pública por usuários de droga.

A Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte no Ceará, vizinho estado do Paraíba, recebeu denúncias de maus-tratos praticados contra animais na Praça do Mateu, no Bairro Pirajá. Além disso, o local tem servido de abrigo para usuários de drogas.

As informações são do Site Miséria, e contam que a integrante da Associação Protetora dos Animais (APAC) Rose Rodrigues contou que se deparou com uma cadela que apresentava um sangramento: “Ela estava numa situação muito triste, sangrando, parecia um prolapso vaginal. Isso acontece muito com os animais de rua”, relata.

Rose procurou moradores nos arredores para saber o que estava acontecendo com o animal. Ela foi informada que o sangramento não era o que presumia. “Eles falaram que aquilo não era um prolapso e que no caso ela estava sendo estuprada quase todos os dias por três ou quatro indivíduos usuários de drogas”, disse.

Na Praça do Mateu, está a ‘Ilha Digital’ que não funciona mais. Segundo Rose, dependentes químicos ocuparam o local. “Eles quebraram o vidro e passam o dia inteiro usando drogas e a noite arrastam animais para praticar zoofilia”, denuncia.Os moradores estão preocupados com a movimentação de estudantes e crianças pela praça. Nas proximidades do local, está um Campus da Universidade Regional do Cariri (URCA) e uma parada de ônibus.

Rose compareceu à delegacia e pediu que a polícia intensificasse as rondas no local. “Muitas crianças esperam ônibus até as 11 horas da noite. Já que eles estão praticando crimes com animais indefesos, podem também arrastar uma criança para lá muito fácil”, alertou.

Animais são estuprados em praça pública (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK