sexta-feira, 29 de julho de 2016

Estudante morto em Morro do Chapéu será enterrado em Salvador.

O corpo do estudante Felipe Gama, de 15 anos, morto em tentativa de assalto,ontem à noite, na cidade de Morro do Chapéu, foi enterrado no fim da tarde desta sexta-feira (29), em Salvador. O adolescente teria reagido a um assalto e acabou sendo baleado na cabeça, quando ia para a escola.

A morte de Felipe provocou uma grande revolta na população de Morro do Chapeu, cidade do Piemonte da Chapa Diamantina e um clima de grande tensão. Logo que os acusados foram presos em flagrante pela Polícia Militar, a notícia se espalhou e a delegacia acabou invadida. Um rapaz de 24 anos, José Nilton Damião, conhecido como Filó foi arrancado das mãos da polícia e linchado até a morte no meio da rua, bem em frente à delegacia, sem que os policiais pudessem agir, diante da fúria das pessoas.

Hoje cedo a reportagem conversou com Patrícia Gama, tia de Felipe, que aguardava a liberação do corpo pelo Instituto Médico Legal de Irecê, a poucos

quilômetros de Morro. Indignada, ela disse que o pai de Felipe, empresário Nilton Gama, está “inconsolável e indignado” com o que aconteceu.

Patrícia contou que o rapaz morava em Morro do Chapéu desde o começo deste ano, pois foi se juntar ao pai. “A mãe dele mora em Salvador, é separada e Felipe veio ficar uma temporada aqui, acabando por ser vítima dessa tragédia”, contou. Ele tem um irmão por parte de mãe.

Felipe saiu de casa com a farda do colégio Teotônio Marques Dourado Filho, onde cursava o primeiro ano do segundo grau. De acordo com as informações, ele foi abordado pelos dois assaltantes que queriam tomar o celular dele e acabaram dando um único tiro que matou o adolescente. Ele chegou a ser levado para o hospital, mas morreu pouco tempo depois.

Colégio onde Felipe cursava o primeiro ano do segundo grau (Foto: Reprodução)

O corpo de Felipe vai sair de Irecê para Morro do Chapéu onde vai ser velado por algum tempo e logo depois trasladado para Salvador onde ocorre o enterro, às 17 horas.

Por causa do crime que chocou a cidade de Morro do Chapéu, muitos comerciantes resolveram fechar as portas de algumas casas comerciais nesta sexta-feira. O pai de Felipe, Nilton Gama, é comerciante de produtos veterinários e muito popular pela atuação. O colégio estadual Teotônio dourado, suspendeu as aulas, hoje.

O menor de 16 anos envolvido na morte e que participou do assalto, segue na delegacia de Morro do Chapéu, sob custódia.

Fonte: Central Notícia/ AgoraNaBahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK