quinta-feira, 21 de julho de 2016

Jaguaquara-BA: Menino de 5 anos vítima de batida entre Van da Prefeitura e carro morre no hospital.

Criança estava no colo da mãe no Uno. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma das vítimas da colisão entre a Van da Prefeitura de Jaguaquara e um veiculo Fiat Uno no fim da manhã desta quarta-feira na Rodovia BA-545, no Vale do Jiquiriçá, não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Geral Prado Valadares por volta das 22h30 desta quarta. 

De acordo com a direção do HGPV ao Blog Marcos Frahm, o menino W.S.A estava na unidade semi-intensiva, em estado gravíssimo. Ele havia sofrido traumatismo crânio-encefálico e a direção da unidade hospitalar tentava regulação para transferência do paciente, que não resistiu. O acidente ocorreu por volta das 11h30 na BA-545, principal via que liga a sede do município a localidades da área rural. 

De acordo com informações da Polícia Militar, o condutor da Van Ducato placa NTK-0487 pertencente à Prefeitura de Jaguaquara, teria feito afirmação de que a batida teria sido provocada por um trator ao realizar conversão no meio da pista, em frente ao Parque de Vaquejada Miguel da Hora, tendo o motorista do veículo Ducato, que nada sofreu, informado que desviou do trator, invadindo a pista contrária e atingindo lateralmente um carro Fiat Uno com placa DZK-6053 que seguia com cinco pessoas a bordo em direção a localidade de Cedro, na zona rural de Jaguaquara, onde as vítimas residem.

Com o impacto da batida, o condutor do Uno, Gildásio Rodrigues, 49, sofreu leves escoriações, mas a passageira Sueli Santos, 34, e seu filho W.S.A de 5 sofreram ferimentos e receberam socorro no local de populares em outro Fiat Uno e encaminhados ao Hospital Municipal de Jaguaquara – HMJ. Outros ocupantes do carro, Elezenita Julião Jesus, 56, e Carlos de Jesus Silva, 59 anos, também deram entrada na unidade hospitalar, mas sem ferimentos. A criança foi transferida no início da tarde para o HGPV, onde morreu. A sua mãe, Sueli, não corre risco. 

O trator apontado como causador do desastre não foi encontrado pela polícia. A morte da criança, de família humilde da área rural, é lamentada pelos jaguaquarenses, que revelam nas redes sociais o desejo de que as causas da batida sejam detalhadamente apuradas pelas autoridades competentes. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK