sábado, 16 de julho de 2016

Matadora confessa que bebeu sangue e teve relações com corpos decapitados

Uma matadora associada a um cartel de narcotráfico mexicano confessou ter tido relações com cadáveres decapitados e ter bebido e se banhado com o sangue dos mortos. “Eu me sentia excitada com aquilo”, disse ela.

A confissão foi feita por uma mulher conhecida como Juana, ou “La Peque” (A Bebê), conforme noticiou o “Sun”.

De acordo com o processo, Juana “fazia sexo com os cadáveres, usando a cabeça e o restante do corpo para obter prazer”. Juana está sendo mantida em prisão na Baixa Califórnia (México). Ela ainda aguarda a sentença por assassinatos cometidos a mando do poderoso cartel Zetas.

“Desde pequena eu era rebelde. Então me tornei viciada em drogas e alcoólatra”, afirmou a mexicana de 28 anos, que costumava postar fotos com armas em redes sociais da internet. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK