domingo, 24 de julho de 2016

No Rio de Janeiro: Policial mata mulher, fere filha de 3 anos e depois se mata.

Um policial militar da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Rio de Janeiro matou a mulher e, em seguida, se matou na manhã deste sábado (23). O crime aconteceu dentro do imóvel onde o casal morava, na comunidade Vila do Céu, por volta das 9h10.

De acordo com vizinhos, minutos antes do crime, Ingrid da Silva Martins estava conversando com a amiga, proprietária de um salão de beleza que fica ao lado da sua casa. O sargento Vicente Gouveia Ferreira, que havia voltado da padaria, entrou na residência e, em seguida, chamou a mulher. Logo depois, vizinhos ouviram mais de cinco tiros. 

Ainda segundo os vizinhos, que não quiseram se identificar, o casal morava há cerca de seis anos no local e que costumava brigar por ciúmes. "De vez em quando, discutiam por ciúmes. Ela era muito bonita", disse um dos moradores ao jornal Extra.

Segundo a Polícia Civil, a filha de 3 anos do casal foi atingida por estilhaços na perna. Ela foi socorrida por bombeiros e passa bem. O Departamento de Polícia Técnica realizou a perícia no local. (Foto reprodução facebook)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK