domingo, 31 de julho de 2016

Rio Grande do Norte registra 34 ataques a ônibus em dez cidades.

A Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte informou que subiu para 25 número de presos por envolvimento em atos de vandalismo contra o transporte público na região metropolitana de Natal e no interior do estado. De acordo com o último balanço divulgado pelo governo do estado, em dez cidades, 34 ataques a ônibus e a prédios públicos foram registrados desde a tarde de ontem, quando as primeiras ocorrências foram registradas.

De acordo com o governo, os atos são uma retaliação de criminosos contra a instalação de bloqueadores de celulares no presídio de Parnamirim. Em entrevista coletiva, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, afirmou que o efetivo policial está mobilizado para coibir novos atos de vandalismo. Faria também afirmou que ainda não é necessário solicitar ao Ministério da Justiça envio de tropas da Força Nacional ao estado.

Suspeitos de ataques a ônibus são presos(Foto: Reprodução /Site da SSP do RN)

"O governo está decidido a enfrentar qualquer ato violento que acontecer no estado. Não vamos recuar na instalação dos bloqueadores celulares nos presídios e não há possibilidade de negociação com líderes de movimentos criminosos. Os policiais estão liberados a agir com autonomia e conforme a lei para prender todos os responsáveis por essas ações de vandalismo", disse o governador.

No início da manhã de hoje, os ônibus saíram da garagem sob escolta da Polícia Militar (PM), e o serviço de transporte público foi restabelecido em Natal. Na sexta-feira, após os primeiros ataques, as empresas recolheram os veículos e deixaram os usuários sem transporte na volta para casa.

Em nota, a Secretaria de Segurança pede que população denuncie atos suspeitos, por meio do número telefônico 181. A identidade do colaborador será mantida em sigilo. Fonte: Agência Brasil





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK