segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Homem se abraçou ao filho de 4 anos e se jogou do alto do prédio do Fórum Trabalhista Ruy Barbosa

São Paulo - O motoboy Carlos Ti On Martins Kon, de 41 anos, matou o filho e cometeu suicídio na manhã desta segunda-feira, 29, no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, na Barra Funda, zona norte de São Paulo, segundo a polícia. Kon abraçou o filho, Bryan, de 4 anos, e se jogou do alto do prédio. Os corpos foram encontrados no saguão no prédio por volta das 10h50.

Kon tinha um bilhete no bolso com número de telefone de familiares e a informação de que a criança era filho dele. O bilhete também dizia: "às vezes tem um suicida na sua frente e você não vê". O motoboy ainda teria ligado para uma amiga se despedindo e avisando que se mataria.

Kon sofreu uma fratura no braço direito e o braço esquerdo foi amputado. A criança teve fratura craniana. Os dois morreram na hora. Aos policiais, os irmãos de Kon disseram que ele estava desempregado e passava por problemas financeiros, mas era muito apegado ao filho. Bryan é fruto do segundo casamento de Kon. O motoboy tinha uma relação conturbada com a ex-mulher, segundo os familiares.

Kon não tinha audiência no Fórum Trabalhista nesta segunda, o que faz a polícia acreditar que o homicídio e suicídio foram premeditados. O caso é investigado pelo 23º DP (Perdizes). O expediente do tribunal foi suspenso e só será retomado nesta terça. (O Dia)




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK