quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Idoso reaparece para a família dois meses depois de ser cremado.

Um idoso de 74 anos surpreendeu a família ao reaparecer vivo dois meses depois de ter seu corpo cremado. O caso aconteceu na cidade de Chihuahua, no México. Miguel Angel Gomar de Luna fugiu do asilo em que estava internado e ficou desaparecido por alguns meses.

A polícia encontrou um corpo em estado de decomposição e pediu que a filha do homem, Lucero Gomar Ramos, fizesse o reconhecimento.

De acordo com o jornal Daqui, a mulher disse que estava insegura sobre a confirmação, mas foi induzida pela polícia a assinar os papeis, já que ela havia sido informada sobre a impossibilidade de liberar o corpo posteriormente, caso ela não o reconhecesse. Depois do reconhecimento, o corpo foi liberado, a família realizou um funeral, cremou o corpo que pensava ser de Miguel e guardou as cinzas.

No começo deste ano, no entanto, eles receberam uma ligação em que o idoso dizia estar bem e vivo, apenas bêbado e com ferimentos na cabeça. “Eles pensaram que eu estava morto, mas eu só andei e andei”, relatou o idoso. A família agora luta para que o idoso seja declarado vivo. De acordo com o jornal Mirror, a verdadeira identidade do corpo cremado ainda é desconhecida.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK