sexta-feira, 19 de agosto de 2016

'Nunca vou parar', diz menina de 12 anos que ama caçar animais

Uma estudante de 12 anos de idade que causou polêmica e chegou a receber ameaças de morte pelas redes sociais depois de posar para fotos com uma girafa que ela matou insistiu que "nunca vai parar de caçar". A jovem Aryanna Gourdin, de Utah, causou revolta na internet depois de imagens dela posando com animais selvagens abatidos em um safári africano se tornaram virais.

Aryanna disse que não se arrepende de matar a enorme girafa, uma zebra e um Gnu (também conhecido como boi-cavalo) no feriado — apesar de ter sido chamada de "assassina" por internautas.

— Eu nunca vou desistir da caça. Eu sou uma caçadora e, não importa o que as pessoas me digam, nunca vou para, disse ela. Ao falar com o programa Good Morning America, da rede de TV norte-americana ABC, Aryanna disse que nunca vai desistir "do esporte que ama".

O pai da menina, Eli, disse durante a entrevista que a girafa que sua filha matou era um "problema" na área e estava "consumindo recursos valiosos que outras girafas precisam para sobreviver".

Ele afirmou ainda que a carne do animal abatido alimentou 800 crianças órfãs de uma aldeia local na África do Sul. Aryanna diz que caça animais selvagens desde que tinha sete anos de idade. Ela chamou a viagem que fez com o pai para a África do Sul de "um dos meus sonhos de caça, com certeza".





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK