Anuncio

Onze recém-nascidos morreram nesta quarta-feira ao amanhecer em um incêndio provocado por um curto-circuito em um dos maiores hospitais da capital iraquiana, Bagdá, informaram fontes médicas e de segurança.

— Onze crianças prematuras morreram no incêndio declarado na unidade de maternidade do hospital público de Yarmuk —, no oeste de Bagdá, indicou à AFP Ahmed al Rudeini, porta-voz do ministério da Saúde, ressaltando que o fogo foi provocado por um curto-circuito.

— Vinte e nove pacientes que estavam na mesma área foram evacuados a outros hospitais da capital —, acrescentou o porta-voz.

Um funcionário do ministério do Interior confirmou estas informações e disse que outras três crianças sofreram asfixia. A maioria dos hospitais públicos da capital iraquiana padecem com a falta de serviços de qualidade, o que leva muitos iraquianos a utilizar estabelecimentos privados.



Postar um comentário

 
Top