sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Pastor mata mulher ao tentar demonstrar poder da fé em culto evangélico

Uma mulher foi morta pelo pastor da Assembleia Geral do Monte Sião, em Polokwane, África do Sul, após não resistir ao que o religioso chamou de “teste de fé”. Durante o culto, o pastor Lethebo Rabalango pediu para que a vítima se deitasse no chão. Logo em seguida, colocou uma enorme caixa de som em cima do corpo dela e sentou-se em cima. Segundo o rapaz, se ela tivesse fé, não sentiria dor.

O pastor, então, fica alguns minutos pregando em cima da caixa de som. Ao se levantar, a constatação: a jovem havia morrido. Sem se preocupar muito com o que tinha acabado de fazer, Lethebo diz às pessoas do culto que a culpa era da mulher, pois ela não teve fé para resistir a “algo simples”, como noticiou o site Gospel Prime.

A mulher teve várias fraturas internas, inclusive nos pulmões. As fotos foram postadas no perfil do Facebook do pastor. Na mesma página, Lethebo compartilhou uma das notícias sobre o caso e disse que “a mídia é a arma do diabo”.
  • Mais tarde, o rapaz fez um vídeo tentando explicar o ocorrido, mas só disse que o que aconteceu foi fruto do “poder de Deus”. “A mídia falou muitas coisas ruins sobre a gente. O que nós temos que entender é sobre o poder de Deus. É o poder de Deus! Não podemos fazer nada sobre isso. O que aconteceu foi pelo poder de Deus! Não podemos criticar isso, se vocês não entendem, venham conhecer. Não podemos lutar contra o que não entendemos”.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK