sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Pré-candidato a prefeito de Amargosa é proibido de pedir votos em visitas na cidade.


O pré-candidato a prefeito de Amargosa pelo PV, Rosalvo Jonas Borges Sales, está proibido pela Justiça Eleitoral de pedir votos em suas andanças pelo município neste período que antecede o início oficial das campanhas. 

Segundo a decisão do juiz eleitoral Alberto Fernandes Sales de Jesus, Rosalvinho, como é conhecido na cidade, visitou residências no bairro Katiara, onde pediu votos no mês de julho aos moradores do local. O magistrado ressaltou que a propaganda eleitoral só é permitida a partir do dia 15 desse mês de agosto. 

Ainda de acordo com o juiz, a postura do pré-candidato “configura-se a prática de propaganda eleitoral antecipada extemporânea, afrontando o princípio da paridade de armas entre os candidatos”.

“Determino a proibição do representado de visitar eleitores para se apresentar como candidato ou pré-candidato, fazer pedidos de votos, explícitos ou implícitos [...], sob pena de multa diária de R$ 20 mil por cada infração à decisão”, determinou
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK