segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Barreiras e mais 22 cidades baianas recebem alta conexão de internet, confira.

O processo que irá levar a alta conectividade da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) a localidades no interior dos estados, com destaque para os que compõem a região Nordeste, por meio da malha de alta tensão já existente, da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), será iniciado nesta segunda-feira (19), com a assinatura de um termo de cooperação entre as entidades. A solenidade ocorrerá na cidade do Recife (PE), com a presença do titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), Manoel Mendonça. Trata-se de mais uma investida do programa Veredas Novas. 

A Secti está acompanhando esse movimento e conseguiu inserir a Bahia no contexto do documento, beneficiando 23 municípios do interior. “São 100 gigabytes, em média, uma velocidade alta, que, se comparada à uma rede doméstica, pode ser superior dez mil vezes”, alerta o coordenador geral de Infraestrutura de TI da Secretaria, Grinaldo Oliveira, que acompanhará o secretário na solenidade.

As tratativas que culminaram nesta ação foram ativadas no decorrer do Fórum do Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), que, neste ano, foi realizado em março, na capital baiana. Essa ação está fixada no âmbito da nova fase do programa Veredas Novas, que recebeu o nome de Veredas Novas Estaduais. 

Caberá à Secti, ainda, uma vez que essa fibra chegue aos municípios, ligá-la aos pontos de interesse. “Inicialmente, pretendemos ligar aos campi da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), para, em seguida, conectar hospitais que desenvolvem pesquisas e escolas profissionalizantes estaduais”, esclarece Grinaldo. As cidades baianas que têm malhas da Chesf são: Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brotas de Macaúbas, Caetité, Campo Formoso, Catu, Cícero Dantas, Dias D’Ávila, Eunápolis, Governador Mangabeira, Ibicoara, Irecê, Itapebi, Jaguarari, Juazeiro, Olindina, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Sapeaçu, Senhor do Bonfim, Sobradinho, Teixeira de Freitas, Ubaitaba.

Este processo caminha, em paralelo e complementarmente, ao avanço do Projeto Banda Larga Bahia, encabeçado pela Secti, que visa levar alta conectividade a todas as unidades da administração estadual, existentes no território baiano. A primeira fase do Banda Larga da Bahia, executada em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), abrange 300 pontos localizados em Salvador e tem previsão para ser concluída em novembro deste ano. “Espera-se que, até o primeiro semestre de 2017, Salvador seja beneficiada com o dobro de ligações, chegando à marca total de 600 pontos”, destaca o Manoel Mendonça.

Veredas Novas
O Programa é uma iniciativa conjunta da RNP, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações (MCTIC), do Ministério da Educação (MEC), com apoio da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Superior (Andifes) e do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).

Fonte: Ascom/Secti

Áudio:
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK