domingo, 11 de setembro de 2016

Coronel da PM é preso acusado de estupro de menina de 2 anos no Rio.

Um coronel da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi preso em flagrante na noite de sábado (10) acusado de estupro de vulnerável e corrupção. Pedro Chavarry Duarte, de 62 anos, é presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar do Estado. Ele foi flagrado em um carro com uma menina de dois anos, nua. De acordo com os policiais militares que fizeram a abordagem, o coronel ofereceu "vantagens" para que a ocorrência fosse encerrada.

Moradores do complexo de favelas da Maré, onde o crime teria acontecido, afirmaram aos policias que Duarte saiu com a criança outras vezes. A mãe da menina estaria presa e, por isto, ficado sob cuidados de uma vizinha.

Os policiais chegaram até o coronel por meio de uma denúncia anônima que relatava a existência de um homem dentro de um carro estacionado em um posto de gasolina com uma criança nua chorando. O coronel foi reeleito, no começo deste ano, para continuar por mais três anos no comando da Caixa Beneficente da corporação, que tem aproximadamente 30 mil associados.

Em nota divulgada na manhã deste domingo (11), a Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou a prisão de Duarte. "O senhor se identificou como policial reformado e pediu que a ocorrência fosse encerrada, oferecendo vantagens aos policiais militares. A equipe recusou a oferta e o conduziu preso para o registro. A Polícia Militar repudia e combate qualquer tipo de crime", afirma a nota.

A menina foi encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav) e passará por avaliação. O crime de estupro de vulnerável prevê pena de oito a 15 anos de prisão e o de corrupção ativa, de um a oito anos de prisão. (Via fonte: O Popular)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK