quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Criança morta após beber achocolatado no MT foi envenenada, 2 são presos pela polícia.

A Polícia do Mato Grosso prendeu dois homens suspeitos de envolvimento na morte de uma criança de dois anos, na semana passada. O menino morreu depois de beber um achocolatado que, segundo a polícia, estaria envenenado. 

De acordo com o 'G1', os dois foram presos na manhã desta quinta-feira (1º). Adones José Negri, 61 anos, é suspeito de ter colocado veneno para matar ratos no achocolatado. Conforme o jornal 'Extra', Deuel de Rezende Soares, 27, costumava invadir e roubar pertences da casa de Adones. Ele também tomava os achocolatados que encontrava na residência.

Foi por causa dos roubos que Adones resolveu envenenar os achocolatados. Ele confessou que envenenou os produtos em depoimento a polícia. O lote do achocolatado chegou a ser suspenso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ao invadir mais uma vez a casa do idoso, Deuel levou consigo os achocolatados. De acordo com informações da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) de Cuiabá, a família do menino informou que recebeu o achocolatado de um vizinho. 

Segundo a mãe da vítima, a criança apresentou falta de ar e princípio de desmaio minutos depois de ingerir o líquido. Ela foi levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda segundo a polícia mato-grossense, a mãe e o tio do menino teriam provado da bebida e também passaram mal, sentindo tonturas e náuseas. Uma coletiva de imprensa será realizada na tarde desta quinta-feira para apresentar mais detalhes sobre o caso.

Matéria relacionada clica no link abaixo:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK