sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Filhote macho de cachorro é vendido como fêmea após ter órgão genital mutilado

Uma clínica veterinária na região central de São Paulo recebeu um filhote de cachorro macho com o órgão genital mutilado. De acordo com a dona do estabelecimento, a cliente que levou o animal para a clínica afirmou ter comprado o cão da raça pincher em um site de anúncios classificados que indicava ser uma fêmea, mas recebeu da pessoa que vendeu um macho ferido. A mutilação foi superficial e feriu o prepúcio (pele que cobre o pênis do cão), mas o animalzinho precisou passar por uma cirurgia emergencial.

A assessoria do site OLX, que hospedava o anúncio, afirmou que a publicação já foi removida e o autor foi banido. Segundo a dona da clínica, a cliente contou que marcou o pagamento em dinheiro e a entrega do animal com a vendedora no estacionamento de um hipermercado. A vendedora orientou a mulher a não abrir a caixinha de papelão onde o cachorro estava porque ele ainda não estava vacinado e corria risco de ficar doente. 

Depois da primeira cirurgia na clínica, o filhote foi encaminhado para um hospital veterinário, com estrutura de UTI, e passará por uma nova operação para reconstruir o órgão genital.

Nova lei
Neste mês, uma lei estadual sancionada pelo governador de SP Geraldo Alckmin (PSDB) determinava a perda da guarda de animais por parte do proprietário que comprovadamente cometer maus-tratos a animais domésticos. O agressor também não poderá ter outro animal doméstico no prazo de 5 anos após o fato. O prazo é reiniciado toda vez que outra constatação de maus-tratos for apurada pelas autoridades. A lei é válida em todo o Estado de São Paulo. G1


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK