terça-feira, 6 de setembro de 2016

Homem usa Jegue para fazer campanha política e faz sucesso pelas ruas de Eunápolis-BA.

O fato novo na campanha eleitoral/2016 em Eunápolis chama-se Elias Sandes, ou melhor, Teteia do Jegue. Disputando uma das 17 vagas na Câmara Municipal, pela coligação 'A Força da União', o candidato desfila pelas ruas do centro e bairros vestido de palhaço e puxando um jegue, que a certa altura descobriu-se que se trata de uma fêmea [risos].

Se não ganhar a eleição, pelo menos Elias Sandes já conquistou o título de primeiro colocado no quesito originalidade. Numa campanha eleitoral atípica, este ano, com o fim dos ensurdecedores carros de som e da bizarrice dos slogans pintados em muros e paredes, ele chama a atenção da população pela criatividade e pelo destemor de sair às ruas pedindo votos.

O candidato Elias Sandes, que sempre trabalhou duro pra ganhar o pão de cada dia, como locutor em porta de lojas [o chamado propagandista] ou mesmo como locutor de rádio, espera ser beneficiado com o tal 'efeito Tiririca'. “Vai que cola”, brinca ele. Por isso, com um megafone na mão e o jegue na outra, ele vai pedindo o voto e distribuindo somente sorrisos e alegria por onde passa.

- “Tem gente distribuindo cimento, cestas básicas e outros benefícios. Eu distribuo sorrisos”, explica. Segundo o candidato do Partido Social Cristão, o animal vem como forma de protesto contra a corrupção que assola o Brasil. “Eu não maltrato o bichinho e muita gente tem me ajudado pelas ruas, porque sabe que minha campanha é limpa e é humilde”, conta.

O locutor disse que a sua performance vem sendo sucesso a cada aparição e promete levar o jegue para as caminhadas ao lado do candidato a prefeito, Robério Oliveira [PSD]. Com o slogan pra lá de 'sui generis' ele vai anunciando: “não coma reggae, vote em Teteia do Jegue”. (Fonte: Radar 64)

Foto: J. Góis
Com megafone na mão e jegue na outra, Elias vai pedindo voto e distribuindo sorrisos
Foto: J. Góis
Teteia entrevistando atual governador da Bahia, Rui Costa, na reforma do Hospital Regional
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK