segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Livramento-BA: Ministério Público recomenda Blitz ostensiva após denuncias.


O Ministério Público de Livramento enviou ofício ao comandante da 46 CIPM, Major Irlando Oliveira, encaminhando recomendação para que seja intensificada a fiscalização na cidade, realizando blitz ostensivas de maneira frequente e urgente, inclusive em dias de eventos eleitorais. "O Sistema de Justiça precisa adotar providencias para evitar o caos na cidade, que tende a aumentar com a proximidade das eleições", consta em documento do MP.

O objetivo é identificar e autuar veículos irregulares e infratores de trânsito. O MP solicitou, ainda, que ao final de cada operação seja encaminhada cópia de relatório circunstanciado, detalhando nomes das pessoas, especificações das motocicletas e automóveis apreendidos durante as operações da PM.

Na manhã desta segunda (05) publicamos uma reportagem com denuncia da comunidade livramentense sobre abusos e perturbação do sossego praticados por motociclistas, donos de veículos com som automotivo, dentre outros infratores durante os movimentos políticos nos últimos dias na cidade. O caso ganhou grande repercussão e chamou a atenção de populares de varias cidades da região, algumas passando pela mesma situação provocado por paixão e politicagem partidária.

A polícia já começou o trabalho de intensificação das abordagens na tarde de hoje, e os veículos irregulares estão sendo recolhidos ao pátio da autoridade de trânsito. “Com campanha eleitoral ou não, daremos continuidade às blitzen nas cidades da nossa área de atuação, principalmente Livramento de Nossa Senhora, praticamente tomada nos últimos dias por inúmeros baderneiros e arruaceiros que se imiscuíam nos vários movimentos políticos, valendo-se de motos com descargas sem silencioso, fazendo manobras arriscadas (direção perigosa), colocando as suas e as vidas de terceiros em risco. Buscamos robustecer as nossas ações com o apoio do Ministério Público Eleitoral e da Comunidade (PM + Comunidade = mais segurança pública)”, disse o major Irlando Oliveira.

O Ministério Público também convocou representantes das duas coligações para uma reunião no dia 12 de setembro, cujo objetivo é debater alternativas viáveis para restabelecer a paz no município e evitar maiores ocorrências nas vésperas das eleições. (Fonte L-12 Sudoeste)

(Foto: reprodução PM).
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK