domingo, 4 de setembro de 2016

Madre Tereza de Calcutá é canonizada pelo Papa Francisco no Vaticano.

O papa Francisco presidiu hoje (4), na praça de São Pedro, no Vaticano, a cerimônia de canonização de madre Teresa de Calcutá. Em uma missa celebrada frente a mais de 100 mil fiés, o Sacerdote declarou a beata como santa. “Declaramos a beata Teresa de Calcutá santa e a inscrevemos entre os santos, decretando que seja venerada como tal por toda a Igreja”, afirmou Francisco.

O processo de canonização teve início com um milagre envolvendo o brasileiro Marcílio Haddad Andrino, da cidade de Santos (SP). Marcílio foi diagnosticado com hidrocefalia e uma infecção rara no cérebro. O brasileiro teria sido curado após sua esposa rezar pedindo a intercessão da madre Teresa.

A religiosa, cujo nome verdadeiro é Agnes Gonxha Bojaxhiu, nasceu em uma comunidade albanesa no sul da antiga Iugoslávia. Fez o noviciado e ordenou-se freira na Índia, onde tomou o nome de Teresa. Teve uma revelação em 1946, decidindo abandonar o convento e viver para os pobres.

Ontem (3), o papa Francisco fez uma referência a madre Teresa em sua conta no Twitter. “Imitemos madre Teresa, que fez das suas obras de misericórdia guia de sua vida e caminho para a santidade”, escreveu ele.

Orações pelo Brasil
Também no sábado, nos jardins do Vaticano, Francisco abençoou um monumento a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Durante a benção, ele pediu orações pelo país.

“Convido-os a rezar para que ela [Nossa Senhora Aparecida] continue protegendo todo o Brasil, todo o povo brasileiro, neste momento triste. Que ela proteja os pobres, os descartados, os idosos abandonados e os meninos de rua”, disse o pontífice. (Via Agora na Bahia)





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK