quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Manifestante perde visão do olho esquerdo em protesto contra Temer.

A estudante mineira Deborah Fabri, 19 anos, perdeu a visão do olho esquerdo depois de ficar gravemente ferida durante protesto contra o governo de Michel Temer (PMDB-SP) na noite desta quarta-feira (31/8) na capital paulista. Ela foi atingida por estilhaços de bombas lançadas por policiais militares. Deborah estava entre os manifestantes.

Em sua página pessoal no Facebook, Deborah diz: “Oi pessoal, estou saindo do hospital agora. Sofri uma lesão e perdi a visão do olho esquerdo, mas estou bem. Obrigada pelas mensagens e apoio. Logo logo respondo todos!!!”

Ao menos 10 mil pessoas participaram do ato, segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT). A Polícia Militar não informou o número de participantes. Assim que foi ferida, Deborah foi levada ao Hospital das Clínicas, onde passou por exames. Depois, recebeu atendimento no Hospital dos Olhos, no Bairro Paraíso, de onde saiu no final da manhã desta quinta-feira (1º/9).

É o terceiro caso, ocorrido em período de três anos, em que manifestantes ou profissionais de imprensa ficam cegos de um dos olhos em consequência de ação policial de repressão a protestos de rua na capital paulista.

Questionada sobre o assunto, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que não abriu procedimento de investigação interna porque a jovem não registrou boletim de ocorrência. Em nota, a SSP afirma apenas que “respeita o direito de manifestação e está empenhada em garantir a segurança dos manifestantes”. (Com informações da Agência Estado)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK