segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Menino morre após picada de escorpião e família doa órgãos

Um menino de 15 anos morreu depois de ser picado por um escorpião, dentro da varanda de casa, em Vila Pavão, Noroeste do Espírito Santo. Otávio Lemos Arezzi foi internado no dia 19 de agosto e, na última terça-feira (6), a família recebeu a notícia da morte cerebral do adolescente e decidiu doar os órgãos.

A Secretaria de Saúde de Vila Pavão orienta os moradores a limpar os quintais, evitar o acúmulo de madeiras, folhas secas ou entulhos, que são os ambientes desses animais.
A mãe contou que, assim que foi picado, o menino foi levado para o Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, e internado em estado grave.

“No momento em que ele foi picado, a gente correu logo para o hospital. No caminho, ele começou a vomitar muito e quando chegou ao hospital, ele já não aguentava mais de dor de cabeça e falta de ar. Então, os médicos já foram dando medicamento e foi equilibrando os batimentos cardíacos dele”, disse a mãe Andreia Lemos.

Dezoito dias após a internação, a família recebeu a notícia de que o adolescente teve morte cerebral. Os pais ficaram em choque com a morte provocada por uma picada de escorpião.

“A gente sabia que era perigoso, mas não que chegaria a esse ponto. Achávamos que seria algo mais lento e que daria para controlar”, disse o pai Walter Arezzi. A família mora no Córrego do Limão, em Vila Pavão. Na região, os relatos de picadas de escorpião são muitos. Na família de Otávio, muitas pessoas já foram picadas, inclusive ele.
“Já fui ficado quatro vezes, mas, graças a Deus, não tive problemas. Não cheguei a ir ao médico, mas é um inseto muito perigoso”, falou o padrinho da vítima, Josias Arezzi.

Mesmo diante da dor de perder um filho, os pais tomaram a decisão de doar os órgãos do adolescente. “A gente vê o sofrimento de muitas pessoas e pensamos que um dia podemos precisar. Há muitos anos vemos isso na televisão e achamos muito bonito”, falou o pai. (Gazeta Online)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK