sábado, 17 de setembro de 2016

Pai mata filha de um ano que teve câncer por ciúmes da esposa

Americano confessou, nesta quinta-feira (15), perante um juiz, que matou a filha de 1 ano e nove meses por ciúmes. Ryan Lawrence, de 25 anos, que cometeu o crime em fevereiro deste ano e agora está sendo julgado, contou que usou um taco de basebol para golpear a pequena. Ele disse que não gostou da atenção que a menina recebeu da mãe durante o tratamento de um câncer e, por isso, resolveu executá-la. As informações são da rede de televisão "Fox News".

A pequena Maddox, teve um câncer raro nos olhos, mas havia conseguido se curar. Mas não escapou da ira do pai. Após matá-la na casa da família, ele levou o corpo da pequena até um rio em Onondaga, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Na época, ele chegou a fugir para não ser incriminado, mas acabou preso. Em seguida, levou os policiais até onde tinha jogado o corpo da filha. Ele esteve preso desde então acusado pelo homicídio.

Nesta quinta-feira, na audiência judicial, na qual a mãe da menina esteve presente e chorou, Ryan se admitiu culpado pelo crime, e detalhou friamente tudo, lembrando os últimos momentos de vida da menina. Na próxima semana, será divulgada sua pena que poderá variar de 25 anos de prisão ou detenção perpétua. Fonte: Extra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK