sábado, 3 de setembro de 2016

Quatro pessoas mortas e duas feridas em colisão na BA 411 em Coité-BA.

Quatro pessoas, sendo três de uma mesma família, morreram na noite de sábado (02), vitimas de um acidente envolvendo uma Pick-up Fiat strada placa policial NTH 0372 e o Fiat Palio placa JPQ 7310, ambos licenciados em Conceição do Coité

A colisão aconteceu no Km 13 da BA 411, trecho que liga o povoado de Serrote ao Distrito de Salgadalia, no município de Conceição do Coité. O strada estava sendo dirigido pelo marceneiro José Oliveira dos Santos, residente na fazenda Correia enquanto o Palio estava sendo conduzido pelo presbítero da Igreja Assembleia Deus, Jorge de Santana Santos.

Além dos motoristas, também morrem no local Miguel Junqueira dos Santos, 57 anos e Antônia Alaizes de Oliveira, 76, residentes no Distrito de Salgadalia. De acordo com informações de populares, Os ocupantes do Palio retornavam do Povoado do Serrote, distante 02 km do local do acidente, onde participaram de um culto evangélico, enquanto José Oliveira, segundo informações dos conhecidos e um parente que não quis se identificar,seguia de Salgadália,onde teria feito uso de bebida alcoólica, com destino a sede do município.

A ligação familiar entre as vitimas do Palio, começa por Miguel Junqueira, pai do Jorge, e Antônia Alaizes de Oliveira, mais conhecida por Dona Bar, era a sogra dele, Neste veiculo também viajava Sinara, esposa do Jorge, 35 anos, e sua filha Sara Santana de 06 anos. As duas em estado grave foram transferidas para hospitais em Feira de Santana Feira de Santana ou Salvador.

O presbítero Jorge de Santana conhecia bem aquele trecho, pois costumava percorrer o trecho pelo menos três vezes por semana, aonde conduzia cultos e outros trabalhos evangélicos pelo menos três vezes por semana, ou seja, as terças, sextas-feiras e aos domingo há cerca de cinco anos.

Fato chamou atenção
No momento que aconteceu o acidente, a 04 km do local, um incêndio destruía os galpões da PLASTSAG, uma indústria de transformação de Plástico, onde Jorge Santana era supervisor e um dos primeiros funcionários no momento da fundação há quase duas décadas. Jorge prestou seus serviços até por volta das 17h30. (Fonte e fotos: Calila Notícias)

Situação crítica que ficou o Fiat Strada | Foto: Raimundo Mascarenhas
Corpo de José Dilson foi o primeiro a ser recolhido | Foto: Raimundo Mascarenhas
A Polícia Rodoviária Estadual não sabe quem provocou o acidente | Foto: Raimundo Mascarenhas
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK