terça-feira, 13 de setembro de 2016

Sul da Bahia: Professora é agredida no trabalho por declarar voto em Ibirajá.

"Venho através desse meio esclarecer alguns fatos. Hoje pela manhã ao chegar em meu ambiente de trabalho fui agredida por uma colega.

O motivo da agressão se deu por conta de uma postagem que fiz ontem, falando sobre a visão da política e declarando o meu voto. Não sabia que eu não podia manifestar o meu voto, que penso eu é livre.

A verdade dói, mas precisa ser dita. Veja aí onde está o desespero. Ser agredida no ambiente de trabalho. Somente pessoas desesperadas partem para a agressão de fato. Sei que na política tem discussão, trocas de ideias, mas agressão física nunca sofri.

Esta é a prova que precisamos realmente de mudança. Chega de desmazelo, chega de dizer que está tudo bem, pois não está. O posto de saúde está sem médico.

O distrito de Ibirajá não tem segurança. Pode ser que está bom para alguns que estão recebendo seus salários".

Palavras de Eliane Alves Serra.
Fonte: http://sonoticiasdeagora.blogspot.com.br/
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK