domingo, 18 de setembro de 2016

Tartaruga macho cruzou tanto que conseguiu salvar espécie da extinção

Com mais de 100 anos, uma tartaruga macho de Galápagos conseguiu evitar que sua espécie, a Chelonoidis hoodensis, entrasse em extinção. De acordo com a revista Galileu, há 50 anos, apenas dois machos e 12 fêmeas da espécie viviam na ilha de Española.

Eles viviam espalhados pela região, o que dificultava a reprodução, informou a BBC. Contudo, os hábitos sexuais da tartaruga, chamada de Diego, pode ter salvado sua espécie.

Diego acasalou tanto em um centro de reprodução na ilha Santa Cruz, uma das maiores do local, que virou pai de cerca de 800 filhotes. "Ele é um macho reprodutor muito ativo sexualmente e contribuiu para repopular a ilha", disse Washington Tapia, especialista em preservação de tartarugas do Parque Nacional de Galápagos, à agência de notícias AFP.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK