quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Vídeo: Incêndio destrói grande parte das casas de uma favela em Osasco-SP.

O incêndio em uma favela de Osasco, na grande São Paulo, levou três horas para ser controlado. O fogo começou a consumir as casas da ocupação Esperança por volta das 14h desta terça-feira (13). A comunidade fica no bairro Industrial Anhanguera, em Osasco-SP e abriga cerca de 500 famílias.

Na madrugada desta quarta-feira, moradores que perderam tudo no incêndio ficaram de um lado para o outro, sem saber direito onde iriam dormir. Eles não tinham autorização para entrar na favela, porque os bombeiros ainda estavam fazendo o trabalho de rescaldo. “Não pode subir, né? Porque ainda tem muito gás lá em cima também, que está explodindo. Fio com energia...”, diz Valquíria dos Santos, dona de casa e moradora da favela.

A prefeitura de Osasco cedeu um ginásio esportivo para abrigar as famílias. No local, quem quiser, recebe atendimento emergencial: basicamente comida, lugar para dormir e banheiro. Mas o local fica a uma distância de 2 Km da favela incendiada e quase ninguém apareceu. A maioria foi para casas de parentes, amigos e até mesmo de desconhecidos, como da dona de casa Ana Luisa Brito, que separou um cantinho arrumado, para receber desabrigados. “Eu falei, vem pra cá, a gente tem que ajudar, todo mundo abrir as portas e dar uma força. Porque nesse momento é a hora que a gente tem que ser humano”, diz ela.

Dezenove equipes do corpo de bombeiros foram enviadas para controlar o fogo. Mas o acesso pela estrada de terra era difícil. “O fogo foi tão rápido, destruiu tudo”, lamenta uma moradora, que chora, desolada.

O fogo se alastrou rapidamente por causa do vento, do calor e do ar seco. Ainda assim, moradores desafiavam o incêndio e entravam na favela para tentar salvar o que podiam. “Pegou fogo, a gente tem que correr, né? Aí pegou tudo, em tudo”, diz um morador, que só conseguiu salvar uma televisão de seu barraco.

Em menos de um hora, as chamas já tinham destruído a maior parte das casas - os bombeiros ainda estão avaliando exatamente quantas. Felizmente, apesar de grande estrago, apenas duas pessoas tiveram ferimentos leves. G1 Vídeo abaixo:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK