quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Após derrota nas urnas prefeito de Malhada cortar ônibus escolar

Derrotado nas urnas no último domingo, 2 de outubro, o prefeito do município de Malhada,no sudoeste da Bahia, Gimmy Everton Mouraria Ramos,Dr.Gimmy(PT),realizou um ato antidemocrático. Passado dois dias após o pleito eleitoral, o alcaide resolveu suspender o transporte escolar dos estudantes universitários.

Alunos que necessitam do transporte para se deslocarem até a Faculdade Guanambi e UNEB,serão prejudicados caso a decisão não seja revista.

De acordo com alguns universitários, eles conversaram com representantes da administração que não deram uma explicação plausível. “Vamos realizar uma reunião hoje, eles disseram que liberarão o ônibus e o motorista. Quanto ao combustível temos que bancar”, disse um estudante.

O que mais chama a atenção é o comportamento do gestor que passou três anos e oito meses fornecendo o transporte aos estudantes, resolvendo suspende o veículo no período de prova que vai prejudicar mais de 50 alunos.

Segundo Lei Federal 12.816, sancionada pela presidente da República no dia 5 de junho de 2013, em seu artigo 5º e parágrafo primeiro, garante aos universitários de todo o Brasil o direito ao uso dos Ônibus escolares do programa ‘Caminhos da Escola’ do Governo Federal para se deslocarem às cidades onde cursam o ensino superior. As prefeituras não são mais proibidas de usarem os ônibus do programa para transportar os universitários.

A equipe do portal Folha do Vale tentou contato com o chefe de Gabinete na noite da última terça-feira, 4 de outubro, mas o celular estava fora de área.

Para um advogado, o comportamento do gestor mostra que ele usava o ônibus para promover politicamente. “Não vejo nenhum prejuízo aos cofres públicos bancar o transporte mais três meses, o gasto ai é mínimo em relação a outros investimentos. Vamos acionar o Ministério Público, os alunos não podem ser prejudicados”, concluiu.

Redação www folhadovale.net
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK