terça-feira, 25 de outubro de 2016

Aumento de salário aprovado pelo legislativo municipal revolta população de Caetité-BA.

Caetité, na manhã da última segunda-feira (24/10), um grupo de manifestantes foi para a Câmara com cartazes pedindo que os vereadores voltem atrás, ou seja, deixem de aumentar os salários. 

De acordo com o Projeto de Lei de nº 852, proposto pela mesa diretora da Câmara de Vereadores no dia 05 de setembro de 2016, que dispõe sobre a fixação, por antecipação, dos salários de prefeito, vice-prefeito, vereador e secretários de até 40%. Aprovado, o projeto foi encaminhado para a sanção do executivo municipal. Os novos valores passam a valer a partir de 1º de janeiro de 2017, na nova legislatura. Com o aumento, os salários dos 15 vereadores passarão de pouco mais de R$ 8 mil para R$ 10.128,00. 

O prefeito deverá receber aproximadamente R$ 23 mil e o vice-prefeito cerca deR$ 15 mil. Já os secretários do município passarão a receber o valor de R$ 9.800,00. A ação gerou descontentamento da população que nas ruas e através das redes sociais protestaram contra os reajustes. Para os legisladores, a ação é legítima, já que segundo eles o projeto foi discutido, encaminhado às comissões, e apresentado à comunidade, cumprindo o que a Legislação determina, através da Lei Orgânica do Município e Regimento Interno do legislativo. Os populares, por sua vez, reivindicam a revogação do projeto e ressaltam que a votação do mesmo não teve ampla divulgação, para que pudesse ser apreciado pela população. Ao fim da sessão, os moradores continuaram a protestar, mas nenhum incidente foi registrado. (Fonte: Site Sudoeste Bahia)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK