sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Banco do Brasil deve demitir 18 mil empregados e tornar a instituição mais leve.

O processo de reestruturação do Banco do Brasil (BB), comandado por Paulo Rogério Caffarelli, foi iniciado na terça-feira (11). A meta da instituição financeira seria reduzir em até 18 mil o número de empregados, de um total de 115 mil colaboradores.

A ideia do governo do presidente Michel Temer, segundo os blogueiros Vicente Nunes e Antonio Temóteo, do Correio Braziliense, é tornar a instituição mais leve, o que poderá também reduzir o escopo de negócios. 

Na terça (11), os 93 funcionários da Diretoria de Crédito Imobiliário (Dimob) foram avisados que a área será integrada à Diretoria de Empréstimos e Financiamentos (Diemp), na qual trabalham outras 133 pessoas.

Outra diretoria deverá ser extinta no processo de reestruturação, mas ainda não se sabe qual. Duas unidades vinculadas diretamente a Caffarellie também deverão ser cortadas. Para os próximos dias, será anunciado um plano de demissões voluntárias.

O motivo para toda a reestruturação seria a perda de competitividade e de rentabilidade média, que caiu pela metade, nos últimos anos, indo de cerca de 14% para 7% ao ano. (Fonte: Notícias ao minuto)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK