sábado, 8 de outubro de 2016

Cerca de 15 homens atuaram em explosão a carro-forte no Piauí, diz PM

Segundo o comandando do 4º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, coronel Edwaldo Viana, cerca de 15 homens fortemente armados participaram da explosão e assalto a um carro-forte no Sul do Piauí, nesta sexta-feira (7). “Eles eram muitos, alguns vestidos com fardas da Polícia Federal. Bloquearam a BR e explodiram o veículo”, disse o oficial.

O crime ocorreu nas proximidades do povoado Gaturiano, em Dom Expedito Lopes. A quadrilha explodiu o veículo com dinamite e conseguiu roubar todo o dinheiro que estava sendo levado para abastecer agências bancárias nas cidades de Inhuma, Valença e Elesbão Veloso. Até a publicação desta matéria, ninguém havia sido preso.

Coronel Viana afirmou que ação foi rápida e que os assaltantes agiram de forma organizada e planejada. “Eles atravessaram um veículo na BR-316, forçando o carro-forte a parar. Temendo serem recebidos a tiros, se aproximaram usando uma chapa de aço para se proteger, mandaram os vigilantes saírem e jogaram uma banana de dinamite no caminhão”, contou.

Cinco viaturas e 30 homens da Força Tática da PM estão empenhados nas buscas aos criminosos. A polícia realiza diligências pela região e colocou barreiras policiais nas principais vias entre as cidades de Picos, Oeiras e Valença.

“Nós localizamos uma picape abandonada em Oeiras e lá já tinham dois carros a espera deles. Eles estavam com tanta pressa, que não tocaram fogo na picape e deixaram muita munição de fuzil Ak-47, uma arma de fabricação russa. Estava tudo planejado”, relatou coronel Viana.

Os vigilantes rendidos foram resgatados após o assalto e nenhum deles se feriu. Com a explosão, o teto do carro-forte ficou totalmente destruído. G1 PI.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK