quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Mulher mata grávida de 15 anos, retira feto do útero e foge em seguida.

A Polícia Civil procura uma mulher suspeita de esfaquear e matar uma adolescente grávida de oito meses no Jardim Bela Vista em Pitangueiras (SP). Consta no boletim de ocorrência que, após o crime, a mulher abriu o abdômen da vítima com a faca e retirou o feto do útero.

O corpo da jovem, de 15 anos, foi achado pelo marido da suspeita, dentro de um tambor de plástico, no quintal da casa da família, no fim da tarde de quarta-feira (12). O feto estava no banheiro da residência, próximo a um saco de lixo, onde estava parte do útero.

Os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Barretos (SP). O motivo do crime ainda não foi esclarecido. O caso foi registrado como homicídio e "aborto provocado por terceiro, sem o consentimento da gestante".

Segundo o registro da polícia, a suspeita, de 25 anos, confeccionava enxovais de bebê e esteve na casa da vítima na tarde de quarta-feira, convidando-a para ir até sua residência. O marido da suspeita disse que viu as duas chegando ao local, mas saiu em seguida para ir até um bar.

Ao voltar, horas depois, encontrou a mulher lavando o quintal, mas não desconfiou de nada. O homem contou, em depoimento, que "entrou e pegou sua carteira, e saiu sem perceber nada, que não viu nem desconfiou que tivesse acontecendo alguma coisa".

Mais tarde, quando retornou para casa, encontrou a mulher na calçada, visivelmente nervosa. Ela contou que as duas se desentenderam e que a adolescente a agrediu com arranhões. A suspeita pegou então uma faca e golpeou a jovem no abdômen.

Após a conversa com o marido, a mulher fugiu. Ele foi até o imóvel, encontrou os corpos e chamou a Polícia Militar. Peritos estiveram no local, e a Polícia Civil ainda não tem pistas da suspeita. Familiares da vítima prestarão depoimento na tarde desta quinta-feira (13). G1


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK