domingo, 2 de outubro de 2016

Muquém do São Francisco-BA: Município sitiado, indivíduos tiram o sossego da população.



O pacato município no oeste do estado vive um clima de tensão em virtude da disputa eleitoral. Os confrontos vão além do bate-boca comum nesta época. Segundo relatos e imagens, algumas comunidades estão tomadas por indivíduos, em sua maioria embriagados, que estão tocando o terror em moradores e visitantes.

Na comunidade de Boa Vista, na carência da lei, homens fecharam o acesso à comunidade, com barricadas e atearam fogo em pneus. Com o estado de sítio decretado pelos sujeitos, só entra quem eles querem! Até mesmo o prefeito, autoridade máxima no município, foi impedido de entrar.

Relatos dão conta de que o acesso só é permitido aos correligionários e cabos eleitorais da oposição. Os moradores estão indignados com tamanha desordem. Os casos de violência, ligados à eleição, têm aumentado nos últimos dias, o que fez com que o prefeito Márcio Mariano (PP), candidato à reeleição, solicitasse reforço policial ao comando regional. O clima de insegurança pode fazer com que alguns eleitores deixem de comparecer às sessões para votar.

EDITORIAL: 
É lamentável que o prefeito, como gestor e os cidadãos, sejam impedidos de terem livre acesso às comunidades, ou sejam intimidados e desrespeitados em seu direito de ir e vir. Esperamos que as autoridades e a polícia tomem as providências legais. Que cada cidadão sanfranciscano mantenha a calma diante da arrogância dessas pessoas. É inadmissível que este pessoal truculento impeça o povo de exercer seus direitos e cidadania. Que o povo possa ir às urnas, com fé em Deus, com cautela e coragem. E que Deus abençoe e proteja as famílias de Muquém. (Correio do Oeste)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK