domingo, 23 de outubro de 2016

'Vou ser preso, façam alguma coisa', teria dito Cunha a Geddel; ministro nega conversa.

Antes de ser preso na última quarta-feira (19) (veja aqui), o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) tentou fazer um pedido de socorro por meio de uma ligação telefônica. "Geddel, eu vou ser preso! Vocês precisam fazer alguma coisa!", disse Cunha em ligação para o celular do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, segundo a revista Veja. A publicação afirma que o ministro estava ao lado do chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, no momento. Sem saber o que fazer, Geddel teria apenas pedido calma ao ex-presidente da Câmara. No entanto, em entrevista ao jornal O Globo, Geddel negou a conversa. "Ele tentou falar comigo, mas não teve sucesso. Quando o telefone tocou eu vi no espelho do celular que era o Cunha. Eu atendi mas a ligação caiu e não conversamos", informou. (Via BN / Agência Brasil)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK