Anuncio


Em função da falta de recebimentos dos salários, os médicos reguladores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Barreiras, deixam de trabalhar a partir de ontem, 01, e paralisação deve afetar 21 cidades da região Oeste da Bahia que são atendidas pela central 192.
A central funciona em Barreiras e recebe todas as ligações das cidades circunvizinhas. São os médicos reguladores – dois por plantão -, que avaliam um chamado e determinam se uma equipe devem ir em uma ocorrência.

Fonte: Jornal Nova Fronteira

Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top