domingo, 13 de novembro de 2016

Coité-BA: Paciente vítima de acidente de moto morre no Hospital Português aguardando vaga em UTI.

Morreu por volta das 13h30 deste domingo, 13, no Hospital Português – Unidade Regional de Conceição do Coité, Maurício Rangel Dominiense de Oliveira, 39 anos. Ele sofreu um acidente de moto na noite de sábado, 12, por volta das 19h na Rua Costa e Silva, também conhecida como “Rua do Hospital Novo” quando perdeu o controle da moto Honda Pop que conduzia e ao cair o capacete acabou se soltando e bateu violentamente a cabeça no chão, tendo perdido muito sangue ainda no local do acidente.

Mauricio que é filho do ex-vereador Miguel Dominiense, também conhecido por Miguel do Trator, foi socorrido para emergência do Hospital Português e diante da gravidade começou a grande missão de tentar a regulação para fazer a transferência para Feira de Santana ou Salvador, mas não conseguiu em nenhuma unidade, causando desespero e revolta nos familiares e amigos que a todo instante ouviam dizer que seu quadro de saúde estava se agravando.

Pessoas da família tentaram até assumir a responsabilidade em assinar um termo e buscar outra forma para tirá-lo do Hospital Português que não tem estrutura para tratar paciente com estado de saúde que a vítima se encontrava, mas sabiam também que o mesmo poderia não resistir na transferência.

Segundo Magdiel Oliveira, irmão da vítima, se fez de tudo que era possível para transferir, mas não encontrou vaga no HGE, Hospital do Subúrbio em Salvador, Clériston Andrade em Feira de Santana, e até mesmo no Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas.

A dor e a revolta era muito grande das pessoas que lamentavam a falta de equipamentos básicos no Hospital Português para suprir a necessidade de atendimento em caso de alta complexibilidade.

O acidente
No local há sinais que Maurício pode ter tentado frear a moto antes do quebra-molas e acabou se desequilibrando | Foto: Raimundo Mascarenhas

Segundo informações Maurício havia saído da Fazenda Gangorra com destino a residência dos pais na Rua Antônio Nunes Gordiano quando sofreu o acidente. O Calila Noticias esteve no local e constatou que ele pode ter sofrido a queda antes de passar sobre um quebra-mola, como se estivesse se assustado e freado a moto e caiu cerca de 30 metros a frente. Marca do sangue ficou com um distancia de 25 metros do quebra-molas | Foto: Raimundo Mascarenhas

Maurício assim como seu pai era mecânico de trator e dirigia caminhão de uma empresa de brita, era casado com Manuela funcionária da Loja Silva e Rios e deixa dois filhos adolescentes. O sepultamento deve acontecer na manhã desta segunda-feira. (Calila Notícias)


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK