quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Ministério Público da Espanha pede prisão de Neymar por corrupção

O Ministério Público da Espanha quer que Neymar fique preso por dois anos. De acordo com o jornal El País, os procuradores apresentaram nesta manhã (23) as acusações contra o brasileiro e afirmam que há suspeita de corrupção. Ainda não há data definida para o julgamento do processo.

O procurador José Perals recomenda uma pena de cinco anos de prisão ao ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, responsável pelo contrato com o brasileiro. Além disso, o Barça teria que pagar uma multa de cerca de R$ 30 milhões. O craque da Seleção Brasileira e seu pai, responsável por sua carreira, ainda não se manifestaram a respeito do assunto.

Vale lembrar que no mês passado, a Justiça da Espanha já havia decidido processar Neymar por corrupção e reabriu um processo que estava arquivado. (VN)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK