quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Porto Seguro-BA: Acusado de matar pastor toca fogo em cela da delegacia.

Preso colocou fogo em uma cela da 1º Delegacia Territorial de Porto Seguro, na madrugada de terça-feira (15).

Acusado de homicídio, Luís Felipe dos Santos Santana, 18 anos, queimou vários objetos da cela em que estava sozinho. “Ele pode ter usado fósforo ou isqueiro para acender o fogo”, relatou a delegada Elizabeth Salvadeu.

Os presos das celas vizinhas conseguiram apagar o fogo com baldes com água. Os detentos chegaram a inalar fumaça, mas nenhum precisou de atendimento médico. Não houve feridos.

Conforme a informação, Luís Felipe apresenta problemas mentais. “Ele está isolado em uma cela, pois pode ter um surto e chegar a matar outro preso” informou a delegada, que disse desconhecer o motivo pelo qual o preso colocou fogo na cela.

O caso foi encaminhado para o delegado titular Delmar Bittencourt. Até a publicação desta notícia, a reportagem não havia conseguido falar com o delegado.

PRESO ACUSADO DE HOMICÍDIO
Luís Felipe foi preso em um shopping no centro de Porto Seguro, na tarde do último sábado (12), acusado de assaltar e matar o pastor Adimilson Freitas Santos, de 44 anos, horas antes.

Segundo a polícia, o religioso foi abordado por um assaltante quando se deslocava de sua casa em Coroa Vermelha, município de Santa Cruz Cabrália, para a cidade de Porto Seguro. Ainda de acordo com as informações, o pastor foi levado pelo bandido em seu próprio carro, um Línea preto. O corpo do religioso foi encontrado no bairro Baianão, com várias perfurações de faca. O carro foi localizado em um motel da cidade. (Radar 64)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK