terça-feira, 1 de novembro de 2016

Tocantins: Mortes em desabamento de gruta já chegam a 10, dizem bombeiros

São 10 pessoas que morreram no desabamento de uma gruta em Santa Maria do Tocantins, região central do estado, de acordo com o Corpo de Bombeiros. As vítimas já resgatadas são duas crianças e oito adultos. O grupo, de cerca de 50 pessoas, estava no local para participar de uma missa em comemoração ao Dia de Todos os Santos.

Vista área do local onde fica a gruta, em Santa Maria do Tocantins (Foto: CIOPAER/SSP)Vista área do local onde fica a gruta, em Santa
Maria do Tocantins (Foto: CIOPAER/SSP)
Segundo a corporação e a Secretaria de Estado da Saúde, outras sete ficaram feridas após parte do teto da gruta desabar na manhã desta terça-feira (1º).

O desabamento foi registrado por volta das 10h, horário local. As vítimas são de Santa Maria, Itacajá e Pedro Afonso, todas na região central.

Três equipes do Corpo de Bombeiros estão no local, além da Defesa Civil de Palmas. O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP) também está ajudando no resgate das vítimas, que estão sendo levadas para os hospitais de Pedro Afonso, Guaraí e Palmas.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que até às 15h deram entrada no Hospital Regional de Pedro Afonso (HRP) cinco vítimas do desabamento."As vítimas estão estáveis e recebendo atendimento adequado."

Outras duas vítimas que tiveram fratura exposta foram encaminhadas para o Hospital Geral de Palmas (HGP) e para unidade privada da Capital. "O HGP continua com equipe à postos, aptas em colocar em prática o Plano para Atendimento a Múltiplas Vítimas."

Entenda
Os Bombeiros de Colinas do Tocantins disseram que foram acionados por volta das 11h e que três equipes foram para o local. Segundo a corporação, pelo menos 50 pessoas estavam na hora do desabamento.

Um dos fiéis que estava na gruta chamada Casa de Pedra contou que o teto começou a cair de repente no momento em que eles estavam rezando. Além disso, não chovia no momento do desabamento. "Todo mundo saiu correndo e os parentes das vítimas ficaram lá gritando socorro", disse Wilson Mendes Rodrigues.

Segundo o homem, a concentração de pessoas é feita todos os anos entre os dias 1º e 2 de novembro, que são comemorados o Dia de Todos os Santos e de Finados. Cerca de 50 pessoas estavam no local.

"Estavam todos rezando. Aí caiu o pedaço do teto em cima do povo. Tinha cerca de 15 pessoas no local onde caiu. Todo mundo saiu correndo e os parentes das vítimas ficaram lá gritando socorro", relatou. A gruta fica em um local aberto e de fácil acesso, a cerca de 10 quilômetros da cidade. G1

Matéria relacionada clicar no link abaixo:



Gruta desabou na região central do estado nesta terça-feira (Foto: Divulgação)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK