segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Vice-prefeito de Malhada de Pedras é preso pela Polícia Federal


O vice-prefeito eleito de Malhada de Pedras, a cerca de 94 quilômetros de Caetité, Adriano Baca, foi preso nesta segunda-feira (28/11), por meio da Operação Vigilante, da Polícia Federal, deflagrada na última sexta-feira (25/11). O político, que estava foragido, será encaminhado ao presídio de Vitória da Conquista, onde o prefeito da cidade, Valdecir Alves Bezerra, o Ceará, está detido. 

Os dois, além da prefeita eleita Terezinha Baleeiro Santos, e de secretários e empresários, são acusados de participar de um esquema de desvios de recursos destinados ao transporte escolar no município de Malhada de Pedras. De acordo com informações obtidas pelo site Sudoeste Bahia, o esquema desviou pelo menos R$ 3 milhões em recursos destinados ao transporte escolar no município. 

As investigações identificaram inúmeras fraudes em licitação, com direcionamento, para contratação de empresa vinculada a gestores municipais; superfaturamento mediante adulteração de quilometragem de linhas percorridas; e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar. Em alguns casos, a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida. 

"É o que a gente chama de um conúbio espúrio, que é um grupo político que se une no propósito de desviar recurso público em beneficio próprio, para custear gastos de campanha e empresários”, declarou o delegado da Polícia Federal de Vitória da Conquista, Rodrigo Kolbe. Os envolvidos devem responder pelos crimes de responsabilidade, fraudes em licitação, organização criminosa, além de atos de improbidade.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK