Anuncio

Uma imagem que viralizou nas redes sociais e mostra o horror da guerra na Síria emocionou a internet nesta quinta-feira (6). Abraçado a seus filhos gêmeos mortos durante um ataque com armas químicas que matou pelo menos 72 pessoas e feriu várias outras, em Khan Sheikhun, no norte do país, nesta terça (4), Abdul Hamid Youssef enfrenta a dor de perder Ahmed e Aiya. 

Além das crianças, ele também perdeu a esposa e outros 17 familiares no ataque. Khan Sheikhun fica na província de Idlib, noroeste da Síria, que é controlada por rebeldes e pelo grupo Fatah al Sham, que alega ter mudado de nome após um suposto rompimento com a Al Qaeda, organização terrorista à qual a Frente al Nusra era ligada. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), essa região do país abriga cerca de 900 mil deslocados provenientes de outras zonas de guerra.

Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top