Breaking

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Simões Filho-BA: Homem não resiste e morre no HGE após dias internado devido disparo de arma de fogo no rosto.

A cidade de Simões Filho está de luto. Por volta das 19h50 desta quinta-feira (6), o vendedor de caldo de cana Adroaldo Souza Santos de 42 anos, ou "Aldo" como era conhecido por todos, não resistiu e morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Geral do Estado (HGE).  Internado desde o último dia 20 de janeiro, após ser baleado no rosto durante uma tentativa de assalto, Aldo passou por momentos difíceis onde lutou a todo momento pela vida. 

O Panorama de Notícias, divulgou no último dia 4 de março a saída de Aldo da UTI, onde ele foi para um quarto e chegou a receber visitas.  De acordo com informações colhidas pelo PN, Aldo pegou uma bactéria e não resistiu. Ele deixa a esposa e dois filhos. 

Entenda o caso:
Aldo foi vitima da violência desenfreada na cidade de Simões Filho, quando foi alvejado com um tiro na região da testa por volta das 11h45 do último dia (20) de janeiro, durante uma tentativa de assalto, no centro da cidade. Dois bandidos armados tentaram tomar de assalto a sua motocicleta, na Praça Noêmia Meireles Ramos, antiga Praça da Bandeira, local de trabalho da vitima. Por Ataíde Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog