Anuncio

A travesti Hérica Izidório, 24 anos, morreu nesta quarta-feira (12), após passar dois meses em coma. Ela estava internada desde que foi espancada e jogada do viaduto da Avenida José Bastos, em Fortaleza, quando sofreu traumatismo craniano. 


"Estamos todos muito arrasados com tudo que aconteceu com Hérica e cobramos da polícia a prisão dos autores dessa barbaridade, fato que ainda não aconteceu", afirmou a irmã Patrícia Castro, de 33 anos. 

De acordo com a polícia, Hérica foi com amigos para uma festa pré-carnavalesca no bairro Jardim América, no dia 11 de fevereiro. Na volta, já na madrugada do dia 12, ela foi atacada por um grupo de dez homens. Espancada, Hérica foi atirada de cima do viaduto.  O Ceará registrou em 2016 um total de 15 mortes violentas de travestis. Em 2017, o número até agora é de três mortes. (Correio)

Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top