Anuncio

A informação popular e em circulação nas redes sociais, de que o incêndio, ocorrido na noite deste domingo (14) no Posto Bastos, teria iniciado em uma das bombas de combustíveis, não procede. O incêndio iniciou em um veículo do tipo van VW Kombi que estava sendo abastecido por volta das 21h30, conforme informações colhidas pela equipe de reportagem do site euclidesdacunha.com. Mas uma das bombas de combustíveis foi afetada pelo fogo e teve danos materiais.

Após circulação da informação do início do incêndio, uma boa quantidade de pessoas de várias partes da cidade foi ao local ver o que estava acontecendo. Outras pessoas perceberam o ocorrido de suas próprias residências, vendo as chamas e/ou a fumaça originária(s) do posto de combustíveis.

Conforme já relatou José Dilson, repórter do site euclidesdacunha.com, no Euclides Acontece, enquanto o frentista do posto abastecia a Kombi, o condutor acionou a partida do motor, que gerou centelha e o incêndio foi inevitável, causando em sequência uma explosão. De imediato as chamas envolveram a van ao tempo em que aumentavam a ponto de atingir o teto do posto de combustíveis. Também de imediato, todo o circuito elétrico do local foi desligado para evitar o agravamento do incêndio.

Ainda segundo a fonte do repórter, o motorista sofreu queimaduras e foi socorrido para o Hospital Municipal ACM/Português, onde recebeu atendimento médico.

Pessoas que passavam pela proximidade e proprietários de outros postos de combustíveis da proximidade acorreram ao local e forneceram extintores de incêndio na soma de esforços para controlar o incêndio, principalmente para evitar que as chamas se propagassem para outras áreas do posto. O incêndio foi controlado cerca de 30 minutos depois da explosão e o local foi resfriado com o uso de caminhões-pipa.

O veículo sofreu perda total, inclusive, deu trabalho para ser removido do interior do posto de combustíveis e ter suas chamas totalmente apagadas.
Os danos materiais do posto de combustíveis são consideráveis, principalmente na parte do teto que teve a maior parte do forro afetada/derretida pelas chamas e até mesmo pelo calor.Informações obtidas por José Dilson indicam também que o veículo pertence a uma Igreja Evangélica da cidade.

Toda a área do posto foi isolada e atendimento está temporariamente suspenso, até que o Corpo de Bombeiros faça uma inspeção na infraestrutura do posto de combustíveis.

Um dos diretores do Grupo Bastos, em conversa com pessoas no local, disse que o Posto Bastos, seguindo orientações do Corpo de Bombeiros, já está construindo, em anexo ao Hotel Bastos, um sistema de combate a incêndios, com hidrantes e reservatório de água com capacidade para 30 mil litros de água e que obra ficará pronta em pouco tempo.

Informações obtidas pelo repórter junto a um dos funcionários do Posto Bastos, qualquer posto de combustíveis legalizado conta com uma série de equipamentos de segurança, especialmente nas bombas de combustíveis, e, se todos não falharem, evitam que um incêndio desta dimensão cause danos de proporções imprevisíveis e devastadoras.

Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top