Anuncio

Um crime perverso chocou moradores da cidade de Iporá, em Goiás onde um homem, de 42 anos foi preso nesta segunda-feira (29) após confessar ter cortado as patas de um cachorro por se sentir incomodado com os latidos do animal.

Depois do crime ele teria jogado o animal em uma associação de proteção aos animais, que morreu após agonizar por conta dos ferimentos. Mesmo com a confissão, o homem foi liberado após prestar depoimento, responderá em liberdade. Em seu depoimento, o homem ainda afirmou ter matado outro cão, com uma paulada na cabeça, alegando que o animal balançava seu portão. Ele teria usado um podão, uma foice para podar para praticar o crime. (Portal cm7) Vídeo abaixo:










Postar um comentário

 
Top