Barreiras-BA: Caminhoneiro e sobrinho passaram momentos de terror com as mãos amarradas com criminosos armados. - Blog Macaubense Life

AGORA

Post Top Ad

domingo, 2 de julho de 2017

Barreiras-BA: Caminhoneiro e sobrinho passaram momentos de terror com as mãos amarradas com criminosos armados.

O motorista de caminhão diz que ele e um sobrinho (carona), foram mantidos em cativeiro e o veículo teve uma carga de milho roubada, no município de Barreiras, região Oeste da Bahia, entre as 20h 00 de quarta e madrugada de quinta-feira, 29/06/2017. Eles ficaram com as mãos amarradas, vigiados por um dos assaltantes, que os liberaram às 3h da madrugada.

Ambos foram rendidos no pátio do posto Macaubense por pelo menos três homens armados, a bordo de um carro vermelho. Contam que inicialmente os bandidos os colocaram como reféns dentro de seu próprio veículo, os obrigaram a seguir até o Km – 30 da BR 020, onde pararam por alguns minutos, para engatarem a carreta com a carga em outro cavalinho, depois os deixaram em um cativeiro às margens de uma estrada vicinal perto de onde tinham sido sequestrados, até a consumação do roubo. “São muito covardes, porque nos humilharam bastante com uma pistola e um revólver apontados para nossas cabeças”, comentou.

Ressalta ainda a participação de mais quatro ou cinco pessoas que teriam aparecido na rodovia, antes de os conduzirem para o cativeiro. Observou que um deles estava bastante nervoso e usava muita cocaína. “Ameaçava o tempo inteiro e inclusive prometeu me matar em caso de atolar o caminhão em um trecho de muita areia”. 

As vítimas acreditam que eles tenham roubado o veículo errado, Imaginando que fosse uma carga de feijão, porque ouviu quando mantiveram contato telefônico com alguém, a quem chamavam de patrão, informando o possível equivoco. “Patrão, pegamos ‘galinha’, leva assim mesmo?”, comentou uma das vítimas. 

A carreta/Rodotrem, marca Randon, cor branca, tem o nome Regina no lameirão, placa de Mossoró/RN. Tinha sido carregada em Roda Velha, município de São Desidério/BA e seguia para Feira de Santana/BA. 

A polícia ainda não tem suspeitos e está investigando o caso. O motorista teve todos os documentos, talões de cheques e dinheiro roubados e compareceu à delegacia de Barreiras/BA para registrar o fato. “Não suporto mais essa profissão. A insegurança é muito grande”, finalizou o profissional do volante, revoltado. Fonte do site Alô Alô Salomão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas do Blog