Anuncio

Desde que a epidemia da AIDS assustou o mundo, na década de 80, muitos cientistas procuram uma forma de combater a doença. As abordagens são as mais variadas: tenta-se encontrar a cura, por exemplo, através do leite materno, do transplante de medula, de proteínas, da aplicação de um gel e por aí vai. O que pouca gente imaginava é que essa cura pode estar muito mais perto do que pensávamos: nas vacas!
É isso mesmo! Um novo estudo mostrou que esses animais são capazes de neutralizar até 96% das cepas do HIV. A pesquisa foi comandada pela International Incident Vaccine Initiative e pelo Scripps Research Institute, que injetaram um tipo de proteína do HIV em quatro vacas para analisar o seu comportamento.
Em 42 dias, elas foram capazes de neutralizar 20% das células virais, atingindo impressionantes 96% em apenas 1 ano. O sistema imunológico humano leva de 3 a 5 anos para começar a produzir anticorpos contra o HIV, algo que, nas vacas, acontece em poucas semanas.

Esse vírus possui características diferentes de pessoa para pessoa, mudando quase drasticamente de uma região para outra. Assim, criar uma vacina única pode ser uma grande dificuldade. Já o sistema imunológico bovino possui características únicas, que o torna um importante aliado no combate à doença. A ideia é entender como esse sistema age tão rapidamente contra o HIV e fazer com que o dos seres humanos também tenha essa propriedade e passe a agir o mais rápido possível.  As informações são do Mega Curioso

Postar um comentário

 
Top