Anuncio

Baleado ainda dentro da barriga da mãe na última sexta-feira (30) em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, o bebê de Claudinéia dos Santos Melo ficou paraplégico. "Esta criança tem uma lesão nas vértebras torácicas T3 e T4. Está com uma paraplegia de membros inferiores. E também nós estamos resguardando este prognóstico nas primeiras horas, na primeira semana, no primeiro mês, tudo pode acontecer", afirmou ao RJTV o secretario de saúde de Duque de Caxias, José Carlos Oliveira, que é médico ginecologista e está acompanhando o caso. A mãe, que estava com nove meses, foi atingida por uma bala perdida e teve que passar por uma cesariana de emergência. 

Ela continua internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI). “O quadro de saúde da mãe é grave. Ela está no CTI e está sendo acompanhada pela equipe do Hospital Moacyr do Carmo e está sendo assistida. A criança foi transferida para o Hospital Adão Pereira Nunes onde, por volta de 3h, 4h foi trocado o dreno do tórax. O quadro do bebê é gravíssimo”, acrescentou o secretário. Claudinéia estava na Favela do Lixão, no centro da cidade, quando foi atingida e foi levada para o hospital Moacyr do Carmo. O tiro atravessou o quadril da mãe e chegou à criança, perfurando seus pulmões e provocando a lesão na coluna. O bebê foi submetido a duas cirurgias e transferido na sequência para o hospital Adão Pereira Nunes

Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top