Anuncio

Presa na tarde deste sábado (15) em Ribeirão Preto (SP), Drielly Rafaela Sakamoto, confessou à polícia que matou a avó de 82 anos por asfixia. De acordo com a Polícia Civil, Drielly afirmou que tirou a vida da aposentada porque ela tentou impedir que a neta, usuária de drogas, consumisse cocaína em casa. 

O corpo de Vera Lúcia Feirabend Sakamoto foi encontrado na manhã deste sábado na casa onde ela vivia com a neta, no bairro Dom Mielle, zona oeste da cidade. De acordo com a Polícia Militar, a vítima tinha um cobertor enrolado no rosto e estava trancada em um dos quartos do imóvel. A suspeita foi levada à delegacia, e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. 

Drielly foi encontrada pela Polícia Militar por volta das 13h30, enquanto caminhava pela Avenida Brasil, próximo à Rodovia Anhanguera, na zona norte da cidade. Segundo a PM, ela aparentava estar drogada. 

À polícia, a jovem de 25 anos contou que o crime aconteceu na quinta-feira (13) depois que as duas tiveram um desentendimento. Ela afirmou que fazia uso de cocaína e que a avó tentou impedir que ela consumisse a droga dentro de casa. Drielly afirmou que passou a agredir a idosa e que a asfixiou até a morte, fugindo em seguida. Fonte: G1.

Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top