Anuncio

Miami – O fenômeno climático Harvey se transformou nesta sexta-feira em um furacão de categoria 3 ao aumentar seus ventos máximos sustentados para 195 km/h, enquanto avança em direção à costa do Texas, onde chegará nas próximas horas, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC). O NHC disse em um boletim especial que Harvey está a 120 quilômetros a lés-sudeste da cidade de Corpus Christi e 135 quilômetros ao sul de Port O’Connor.

O furacão, que pode se tornar o primeiro de grande categoria (3, 4 ou 5) a alcançar a costa americana nos últimos 12 anos, se desloca para noroeste com uma velocidade de translação de 17 km/h.

Harvey tornou-se um poderoso ciclone de categoria 3 na escala de intensidade Saffir-Simpson, cujo patamar máximo é cinco, e os especialistas do NHC previram que ele tocará terra na costa central do Texas hoje à noite. A previsão mantém todo o potencial destruidor do fenômeno para gerar acumulações de chuva de até três pés de altura (91 centímetros), ventos de furacão de categoria 3 (entre 178 e 208 quilômetros por hora) e ondas de até 12 pés (3,66 metros), que poderiam provocar inundações “devastadoras”.

Os especialistas da Agência Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (NOAA) advertiram que na costa texana já ocorrem inundações de 30 a 61 centímetros por causa da maré. Segundo um provável padrão de trajetória, Harvey tocará terra na costa central do Texas nesta noite, para depois “serpentear” pelo interior do estado e pela costa durante o fim de semana.

As autoridades ampliaram o aviso de furacão (passagem do sistema em 36 horas) e agora o estende desde Port Mansfield até a cidade de Sargent (Texas), enquanto que a vigilância de furacão (passagem em 48 horas) segue ativa desde o sul de Port Mansfield até o Rio Grande. Também é mantido um aviso de maré de tempestade desde Port Mansfield até High Island.

Está previsto o aumento do nível do mar e inundações em zonas costeiras desde Port Mansfield até High Island, onde devem ocorrer situações de risco de morte e por isso devem ser tomadas “todas as ações necessárias para proteger a vida e propriedades”. Os avisos de furacão afetam 1,4 milhão de pessoas que residem na costa sul do Golfo do México no Texas, enquanto que outras 12 milhões se encontram sob aviso de ventos de tempestade tropical, incluindo as populosas cidades de San Antonio e Houston. As fortes chuvas, que talvez se prolonguem até a próxima semana, podem afetar partes do sul, centro e leste do Texas e o vale do Mississipi.


Postar um comentário

 
Top